Se tem uma coisa incrível sobre viajar é conhecer novas culturas. E, quando falo de cultura, me refiro a tudo que ela engloba, inclusive, a gastronomia. A gente sabe que a comida fala muito sobre cada lugar e uma das mais curiosas surpresas que tive ao sair do país foi ver que até aquele mais típico fast food é diferente ao cruzar a fronteira.

Visitei a Argentina há alguns anos atrás. Sobre essa experiência, você pode ler em alguns posts feitos no blog. E, sem dúvidas, uma das coisas que eu amei lá – além das banquinhas de flores em cada esquina – eram os Cafés Havannas. Muito típico, muito fácil de achar e virou um ponto de parada a cada fim de tarde ou dia mais frio. Era bom demais tomar um cafezinho com um alfajor para esquentar depois de uma caminhada pela neblina.

Café Havanna – Buenos Aires

Até que, depois desses anos, chegou à Fortaleza o nosso próprio Café Havanna. Fui logo que inaugurou, mas achei melhor voltar algumas vezes até estabelecer uma opinião para poder comparar os dois momentos: o café com doce de leite argentino de Buenos Aires e o café com doce de leite ali no shopping Iguatemi.

Visitei recentemente o Mercado do Café, uma cafeteria bem grande que – olha que felicidade! – não fica nem no Meireles, nem na Aldeota e nem na região sul de Fortaleza. Parabéns desde já aos empreendedores que trouxeram uma opção linda, com uma decoração de muito bom gosto, para outra região da cidade.

O café fica no bairro benfica, bem próximo ao shopping e às universidades (UFC e IFCE) e é um espaço muito agradável. Como eu disse, tem uma decoração bem descoladinha e uma parede verde muito bonita. É um espaço sem dúvidas muito agradável pra reunir os amigos e conversar.

Quem frequenta o Boas Dicas já sabe que eu amo café. Por causa disso, comecei a minha primeira série aqui, chamada A Trilha do Café, falando de alguns cafés de Fortaleza que valem a visita.

Como estamos em férias, não podia ser diferente: marcar aquele cafezinho com as amigas ou com o boy é indispensável. Melhor programa pra um fim de tarde no fim de semana. Por isso, listei aqui meus 5 cafés favoritos da trilha do café para você marcar com os migos e ir botar o papo em dia.

Amika Coffeehouse

A Amika é um dos melhores e mais bonitos (show de arquitetura e design) cafés da cidade, especialmente se você gosta de variedades de grãos. Além dos cursos de barista que ocorrem periodicamente, você experimenta cafés que podem ser moídos na hora, acompanhado de comidinhas gostosas.
Minha indicação: é o Café Fin del Mundo com pãozinho de tapioca.
Veja aqui o post sobre a Amika.

Amika-Coffee-Trilha-do-Cafe

Sublime Confeitaria

Lugarzinho incrível para sentar com os amigos e conversar por horas a fio. O ambiente é muito agradável e as comidinhas são deeeeeliciosas – dos salgados aos doces. Aos sábados, a casinha amarela presenteia os clientes com um trio de jazz para animar a conversa.
Minha indicação: red velvet (o melhor!) com um cafézinho com leite vaporizado.
Veja aqui o post sobre a Sublime.

red-velvet-sublime

Depois de muito falarem dos doces da Anna Paula Doceria e de muito xeretar o instagram deles, finalmente dei uma passada lá para conhecer e incluir aqui na Trilha do Café. E adianto logo que foi uma ótima visita.

Anna-Paula-Doceria-Boas-Dicas

A princípio, eu achava que o local era bem amplo e que o menu era bem grande. Na verdade, é um espacinho pequeno (a foto engana), mas aconchegante, com uma decoração muito charmosa (pra encantar os designers). O menu, apesar de ser mais focado em doces, oferece opções de sanduíches, saladas e até de massas. Porém, nem tudo que está no instagram, está neste menu. Como foi o caso dos mini hambúrgueres – pedido pelo qual acabei decidindo.

Cardapio-Anna-Paula-Doceria-Boas-Dicas

hamburguers-anna-paula-boas-dicas

Nada melhor que começar a segunda-feira com um post falando de Café, porque aqui a gente AMA passar por esses cafés da nossa cidade. O escolhido de hoje foi a Sablé Diamant Patisserie, uma confeitaria com conceito “francês” dos doces à decoração.

Sable-Diamant-BoasDicas-fachada

A Sablé Diamant fica num ponto bem movimentado da cidade, na Rua Dr. José Lourenço quase com Torres Câmara, o que é fácil de achar, apesar de sua pequena fachada. Aliás, a fachada engana – apesar de sua linda porta azul que chama muito atenção. Ao adentrar, você tem acesso a um espaço bem grande, que nem parece o que você viu de fora.

« Posts RecentesPosts Antigos »