Leitura | sábado, 28 de julho de 2018
RESENHA: Estúpida, Eu? por Camila Coutinho

Todo ano, coloco a meta de “ler mais livros”, especialmente depois de um tempo no qual não conseguia ler absolutamente nada. Acho que essa meta é meio autoexplicativa: ler mais faz você aprender, no mínimo, vocabulário e escrita. Mas é por meio da leitura que você aprende diversos assuntos, além de poder escapar um pouco da “tecnologia” de uma forma produtiva.

Passando para o que interessa, um dos livros que ouvi falar MUITO – e que confesso que achei que não seria legal – foi o livro da Camila Coutinho, chamado “Estúpida, eu?”. O nome faz referência ao blog dela “Garotas Estúpidas”, uma das maiores referências mundiais da moda, luxo e beleza.

O fato foi que achava que o livro era mais falando da vida pessoal e não tive muito interesse até ver várias resenhas sobre. E me enganei totalmente. O livro, na verdade, fala do ponto de vista business da Camila Coutinho, que, em minha opinião – e na da Forbes também, olha só – dá um show no quesito empreendedorismo jovem e de sucesso.

Networking

Ao longo do livro, usando uma linguagem muito fácil, Camila conta experiências que a fizeram subir de patamar no quesito empreendedorismo. Um ponto de destaque, sem dúvidas, é o famoso “networking”. E não somente porque ela teve oportunidade de conhecer as pessoas certas, mas como ela soube estabelecer essa relação. Em resumo, a blogger ensina a ser “cara de pau na hora certa” e a não se inferiorizar ou ficar insegura de mostrar o que você pode fazer para quem mais te interessa.

“Claro que é bem mais confortável bater papo com amigos: a insegurança de não ter o que conversar e de rolar aquele silêncio constrangedor é inevitável. […] Todo mundo tem interesses em comum, não importa idade, classe social ou área de atuação”. (Pg. 39)

Processo Criativo

Outro foco do livro que me fez devorar as páginas foi o capítulo que fala de criatividade e de como esse processo flui de maneira inconstante. A criatividade não surge do nada! É preciso estimular e, muitas vezes, esse estímulo vem do “esvaziar a mente”.

Dicas da Camila:
1. Alimente sua imaginação com novas referências e tenha repertório
2. Provoque sua criatividade e distribua conhecimento
3. Re-la-xe
4. Be inspired
5. Identifique seu personal guru
6. Confie e arrisque

Business Woman

Também aprendemos neste livro um pouco sobre produtividade e gerenciamento de negócios. (Né? Também não imaginava isso!). A Camila é adepta de uma linha de pensamento de vários novos empreendedores, que diz respeito a investir em uma equipe enxuta, formada por pessoas mais eficientes (mesmo que o preço delas seja mais caro) que geram o dobro de produtividade do que uma grande equipe que não possui autogestão.

“A partir do momento em que você começa a gastar cada vez menos tempo do seu dia na sua verdadeira função, é hora de investir em pessoas que tirem das suas costas o peso de atuar no que você não domina (nem gosta!), deixando-o livre para se dedicar ao core da empresa e planejar os próximos passos. Isso não significa, necessariamente, contratar um mundo de gente, abrir escritório e assumir custos novos. Escolher bem seu time e tentar manter uma equipe enxuta pode ser uma decisão bem esperta, dependendo da sua área de atuação.” (Pgs 70 e 71)

A arte de se reinventar

Neste capítulo, Camila trata de um tema bem discutido: reaprender a fazer o que você já costuma fazer. O livro traz exemplos e resultados em números. As ideias tradicionais foram adaptadas a novos formatos, que geraram resultados não só para o blog Garotas Estúpidas, como para vários youtubers e as marcas que os apoiaram.

Em um mundo onde você precisa de estratégias para chamar atenção em 5s nas redes sociais, inventar novas formas de atuação é fundamental para conquistar o público, seja o seu negócio de conteúdo ou não.

“Não se terceiriza realização de sonhos. Amigos e família torcem e incentivam, porém, no fundo, ninguém se importa nem vai correr atrás tanto quanto você. E são as experiências que se vive durante a jornada que o tornam mais perspicaz e até capaz de guiar (e inspirar) outros viajantes”.

Serviço
Estúpida, Eu? – A blogueira que conquistou seu lugar no mundo da moda
Autora: Camila Coutinho
Editora Intríseca
Compre online aqui



Acompanhe o Boas Dicas também nas redes sociais: @blogboasdicas e fb.com/blogboasdicas!

---

Deixe seu comentário!




(*) campos obrigatórios.