Boas Dicas · Paper Love | quarta-feira, 3 de Janeiro de 2018
Planner 2018 & Bullet journal: saiba como escolher o seu

O ano novo chegou, e nós, amantes da papelaria, não poderíamos ficar sem nosso planner 2018, claro. Se você acha que gastar com papel é algo ultrapassado, já falei há alguns posts sobre como se organizar com a tecnologia – existe inúmeros apps e esta também é uma forma muito mais sustentável de se organizar. Mas se você é como eu, que ama o cheirinho do papel, adora ficar um tempinho longe da tela do computador e só sente que tá tudo organizado se escrever várias listinhas, vem cá que que você vai curtir esse post.

Como usar melhor o seu planner

O planner virou moda e tá todo mundo querendo o seu. Mas a dúvida que muita gente tem me perguntado é: “qual é a melhor opção? Em qual devo investir?”. E eu te respondo: invista naquele que é a sua cara, o que mais atende à sua necessidade. E como saber isso? Fácil! Comece se fazendo algumas perguntinhas: quanto tempo você vai ter para se dedicar ao seu planejamento? Será que vale mesmo a pena investir muitos dinheirinhos num planner mega completo, se você não vai poder usar tanto? Outra questão é saber qual é seu objetivo com o planner. Você quer um espaço para organizar suas metas, planos de ação e lembrar seus resultados? Ou precisa mesmo é de uma agenda diária para registrar suas atividades e não deixar nenhum compromisso passar? Essas perguntas vão te nortear e ajudar a escolher o melhor planner para investir seu rico dinheirinho.

Planner mais barato

Um fato é inegável: ô coisinha cara são esses planners, né? Lá estava eu, há quatro anos, deixando a agenda de lado e pedindo meu planner direto da Asia (afinal, planners são muito comuns do outro lado do mundo desde que morava com minha roomie Sijie, em 2009). O preço dos xinglings é mara, saiu por uma bagatela de R$35. Entretanto, só consegui começar mesmo o planner em março, porque demora uma eteeeernidade pra chegar. Ou seja, quer investir muito barato? Planeje já seu 2019, ou tenha bastante paciência. Vou deixar aqui anexado o review do planner do Ebay/Ali Express, que continua o mesmo. Demorou sim, mas valeu a pena!

Planners Padrões

Algumas marcas nacionais já perceberam essa lacuna no mercado e começaram a oferecer também esses modelos de “agenda”. Diferente dos diários, agora, você consegue achar também o planner semanal e mensal. Alguns deles ainda vêm com vários adesivos para te ajudar na organização diária e etiquetar seu caderninho.

Os modelos nacionais que mais gostei foram os da Imaginarium (esse quase ganhou meu coração esse ano, porém, senti falta do planejamento de metas e acabei desistindo) e o da Tilibra. Ambos ficam na faixa de R$99,00 e podem ser comprados em lojas físicas ou pela web.

Outro planner que é específico de Fortaleza e que achei bem completo é o da Loja Linge (sim, aquela mesma de lingerie). Ele tem toda essa parte de metas e vem com a agenda diária para organizar os afazeres. O melhor é o precinho: só R$50,00, ou sai gratuito nas compras a partir de R$250,00 (em peças da marca).

Planner Personalizado

Quem ama personalizar seu planner, normalmente, quer um “do seu jeito”. E aí entram os modelos de planners mais elaborados. Nesse tópico, vou listar meus ~queridinhos~. São modelos que já acompanho há anos e sempre ficam na minha lista de favoritos. O porém é preço – afinal, quanto mais elaborado visualmente e mais sofisticado, mais caro custa. Abaixo de cada um, vou deixar a média de valor, que muda a cada item acrescentado.

Loja Pomme

Vende o planner em três padrões de tamanho e, a cada tamanho, também muda a diagramação e os itens que são anexados ao planejador – como adesivos e outros adereços. Possui um início com planejamento pessoal – roda da vida, objetivos, planning mensal, semanal e diário. Veja aqui o modelo completo. Custa a partir de R$240,00.

Paper View

A Paper View foi a loja que “instituiu” a moda do planner por aqui. Foi a primeira loja online a fazer mídia com esse modelo de agenda, presenteando muitos youtubers com seus planners liiiindos de morrer e completíssimos até a última folha. São muitas possibilidades com esse modelo, que, além do planner em si, vem com diversos outros adereços, como blocos de anotações e cartões personalizados, bolsinha plástica e outros itens. <3 Claro que tudo isso tem um preço: custam a partir de R$380,00. Apesar de caríssimo, já vi pessoalmente sei que é um material muito bem feito. Se você tiver mesmo afim de investir, é uma ótima opção.

Design Brilhante

Esse foi meu primeiro planner personalizado e tive o prazer de eu mesma desenhar a capa. A ideia foi muito bem recebida pela owner do site, Carolina, que teve toda a paciência de me enviar a faca de corte pra que eu pudesse personalizar do meu jeito. Além disso, o planner vem SUPER completo, num material excelente e tão bem embalado que dá pena de usar. Gostei tanto que uso até hoje is espaços que não foram utilizados ao longo do ano. E todo mundo me pergunta de onde é! O Perfect Planner custa a partir de R$190.

 

Bullet Journals

Depois de muito pesquisar – e usar alguns modelos – cheguei à conclusão de que a parte que eu mais gosto e uso no planner são os planejamentos de metas e objetivos. Foi por esse motivo que fiz o meu próprio planner (o Planner Flamingo, que você pode baixar como um “test-drive”, antes de investir no seu). Outro ponto é que o fato dos planners serem sempre muito grandes, me inviabilizava o uso cotidiano, porque sempre tinha que levar e trazer do trabalho. Aí me veio a ideia de fazer o bullet journal. E o que seria isso?

Os journals são outro estilo de diário/planner (quem aí já usou o moleskine de verdade?) que você usa da forma que melhor te atende. Ou seja: são cadernos comuns que você mesma precisa personalizar. Você pode escolher modelos pautados, pontilhados, sem pauta e fazer o seu próprio planner. O bullet journal pode sair BEM mais barato que o planner usual, mas requer maior disponibilidade de tempo para você mesma personalizar – e também uma certa habilidade de design, se o seu objetivo é ter um bullet estilo “pinterest”. Nem todo mundo sabe fazer lettering, né? Eu, por exemplo, não sei!

Sim, você pode usar seu caderninho de pauta ou investir em modelos mais completos. A Loja Pomme (que citei ali em cima) vende modelos de journals. E a Milu Papel e Amor também está com modelinhos fofissimos, que podem ser adquiridos pela web – ela é daqui de Fortaleza.

Mas o bullet/planner que ganhou meu coração esse ano foi o da A.Craft. É um planner pequeno, totalmente personalizável e desmontável. Ou seja: resolve meu problema de poder levar só uma parte dele e também de ir trocando os journals sempre que eu achar necessário. Além disso, como ele é montado, pode sair bem baratinho ou um pouco mais caro, se eu quiser incrementar mais itens. Tô morrendo de amores e mal posso esperar para pedir o meu. <3

Planners Gratuitos

Depois de todos esses modelos, não custa lembrar que tem diveeeersos modelos disponíveis online. Um dos que mais gostei esse ano foi o do site euorganizado.com – que, além de explicar como se inspirar no autoconhecimento para usar seu planner, disponibiliza o modelo para baixar gratuitamente.

Aqui no blog, como já mencionei, tem dois modelos de planners: um de metas e objetivos (clique aqui para fazer o download) e um cardápio semanal, para organizar também sua dieta e sua rotina de alimentação e compras da semana (baixe clicando aqui).

É isso, pessoal. Este foi um post muito pedido por diversos leitores – o que me deixa muito feliz – e é um assunto que eu adooooro. Agora, compartilha comigo também suas dicas de planners pra gente ter várias opções e fazer a melhor escolha. Um beijo e até o próximo post!



Acompanhe o Boas Dicas também nas redes sociais: @blogboasdicas e fb.com/blogboasdicas!

---

Deixe seu comentário!




(*) campos obrigatórios.