Moda | domingo, 17 de março de 2019
Tendências de Moda Inverno 2019

Todo ano, duas tendências são as mais importantes para as coleções das lojas de vestuário (e até decoração): Verão e Primavera (primeiro semestre do ano) e Outono e Inverno (segundo semestre do ano). Pensando nisso, vale ressaltar que o inverno chega aqui depois, porque no outro pólo já em inverno em dezembro.

Stella McCartney Winter 19

A partir de junho, as coleções inverno 2019 já estarão nas magazines. E, portanto, é interessante que você entenda o que trazem as novas tendências para fazer uma escolha mais assertiva na hora de adquirir uma peça para o seu closet. Eu quero dizer: o objetivo é não ter um milhão de peças e, realmente, usar aquilo que faz você se sentir bem.

Lembre-se: nem todas as tendências são para você. Antes de tudo, você é livre para escolher o que mais se identifica e usar o seu próprio estilo, estando ou não na tendência.

Outra dica – que peguei com minha leitora e cliente, Kesia Padilha – é olhar as tendências, ver o que você já possui nesse sentido e inserir nos looks do dia a dia. Desta forma, você consegue estar dentro do universo fashionista e não precisa gastar rios de dinheiro. Convenhamos: é bem fashion usar um item vintage do próprio armário para compor um look moderno.

Tendências do Inverno 19

Segundo a WGSN, as macro tendências que esperamos nos próximos anos são:
* Manifesto:
estamos desconfortáveis com o cenário político ao redor do mundo, são muitas as pressões sociais e das redes sociais e tudo aquilo que nos tira da nossa zona de conforto nos faz evoluir.

Em virtude disso, essa tendência traz elementos que chocam e trazem algum tipo de controvérsia: o chic mesclado ao descolado (muito presente no desfile da Gucci, em NY), cores impactantes (como o furta-cor, neon, fluo, tye-die e color block), texturas diferentes (transparência e acolchoados) e letterings com frases de manifesto.

Imagem: WGSN

* “Common Ground” ou território comum:
achei essa tendência bem cheia de possibilidades, pois ela vai mesclar o local com o global. Funciona mais ou menos assim: sabe a bolsa chiquérrima da Dior? Imagina ela feita na palha da carnaúba. É tipo isso. A mescla de elementos que são comuns em diversos territórios com o “quê” de regionalidade. Veremos muito “hi-lo”, misturando tênis com looks clássicos, ou modelagens típicas de um país (como lenços) mescladas a roupas de outro local (como sweaters). Vai ser uma moda nômade.

Chanel Fall Winter 2019 | @Chanelofficial

Outro ponto importantíssimo dessa macro tendência é a ausência de gênero nas roupas ~ *empolgada sobre isso*. O “território comum” também perpassa o feminino e o masculino como um balanço, indo um pouco além, chegando aos ciborgues e o futuro da humanidade.

Gucci Fall Winter 19 / Vogue.it

* Emoções Humanas:>
outra macro tendência que já povoa as passarelas da moda é simplesmente relacionada ao sentir. A “Era da Emoção” tem a ver com sentidos em diversos aspectos, sendo assim, dos emocionais aos físicos: o toque, o sentimento, o cheiro. Seja o contato virtual, seja o contato pessoal, seja o sentido externo ou interno.

Dior Fall Winter 19 | Vogue

Essa trend também aborda texturas que remetem à microbiologia e às pesquisas científicas. Estamos mais uma vez descobrindo como chegar a outros planetas. Temos uma missão que levará pessoas para morar em marte e diversos outros acontecimentos que falam das descobertas científicas. Portanto, nas roupas, ela se traduz especialmente em texturas, tecidos fluidos, transparências e nas experiências sensoriais.

Dolce Gabbana Fall Winter 19 | Vogue

Qual dessas trends é a sua favorita e qual delas você vai resgatar do seu closet? Me conta! Até o próximo post.



Acompanhe o Boas Dicas também nas redes sociais: @blogboasdicas e fb.com/blogboasdicas!

---

Deixe seu comentário!




(*) campos obrigatórios.