Como se vestir bem gastando pouco? Aposte na funcionalidade e estilo.

Como se vestir bem gastando pouco?

Pode parecer que, para se vestir bem, precisamos sempre apostar em novas peças e em itens que são tendência. Assim, teremos uma aparência mais moderna e roupas que são o desejo do momento. Mas essa ideia não faz tanto sentido com a premissa de ter um guarda-roupa funcional e sustentável a longo prazo. Por isso, hoje vou falar sobre como podemos nos vestir bem gastando pouco!

O segredo para se vestir bem é fazer boas escolhas

Costumamos confundir o se vestir bem com os itens da moda, especialmente em tempos de Instagram e várias consultas ao Pinterest. Mas uma pessoa pode ter um estilo super clássico e passar uma ótima impressão com seu estilo. O importante é fazer boas escolhas: para seu corpo, para o conforto da sua rotina e, claro, para a mensagem que você deseja passar. Essas escolhas não precisam ser caras, certo?

Dê uma olhada no seu guarda-roupa e se pergunte: o que se adequa perfeitamente à sua rotina? Que roupas são funcionais no seu dia a dia? Depois, veja se elas estão adequadas às ocasiões que você mais precisa: reuniões online ou presenciais, encontros com o time de trabalho, ida à academia ou corrida na rua, encontro com família e amigos (quando for possível!) e, não podemos esquecer, ficar em casa confortável sem ser só de pijama.

Observe os tecidos e composições mais duráveis

Se vestir bem é uma ideia relativa. Enquanto que para alguém pode ser usar modelos mais elegantes – como blazers e alfaiataria – para outra pessoa pode ser um visual criativo e disruptivo – como Hi-Lo (um short ciclista e um blazer, por exemplo) ou visual dramático: mix de estampas ou estilos. Em ambas as situações, é possível optar por materiais mais duráveis para que a peça permaneça mais tempo; seja no seu guarda-roupa ou no repasse para outras pessoas por meio de brechós e bazares. 

Composições com algodão e linho costumam durar muito tempo, enquanto os poliésteres tendem a estragar mais facilmente. Mas a melhor solução é observar também a maneira correta de lavar, secar e guardar. Isso fará a peça durar mais tempo.

Existem alternativas sustentáveis para a compra de roupas

E vamos a uma ótima notícia: a sustentabilidade do planeta combina com a sustentabilidade do seu bolso! Quanto mais uma peça durar sem ser jogada no lixo, menos ela vai poluir. Da mesma forma, quanto mais tempo você utiliza a mesma roupa, menos você precisa gastar com novas. Ou, se você for do time que abusa rápido, pode vender a roupa e ganhar uma renda extra para os próximos investimentos do vestuário. Abaixo, algumas dicas para essa prática:

  • Conserve bem suas peças, se atentando para a lavagem e manutenção correta indicada na etiqueta;
  • Se pretende vendê-las, defina um tempo de uso para que ela seja repassada antes de se desgastar, como a mudança de estação, por exemplo.
  • É possível vender online suas roupas: o Enjoei e a OLX são bons exemplos de site para a venda. Mas existe uma série de brechós locais que fazem muito bem essa troca: recebem as suas, e você pode comprar deles também – aumentando o tempo útil de outras peças. Veja no meu Instagram uma lista de Brechós em Fortaleza – CE.

Não precisa ter roupa nova para se vestir bem

Para finalizar, uma dica de ouro: faz mais sentido seguir um estilo (o seu próprio) do que as muitas tendências. Quando um guarda-roupa conversa bem todas as peças, é mais fácil variar seu próprio estilo sem precisar investir muito em outras roupas.

O primeiro passo é avaliar o que você já possui e ver se te agrada. Depois, use o Pinterest ou outra plataforma para buscar inspirações com peças que você já possui! E, se achar melhor ter orientação, faça uma consultoria de estilo para descobrir seu estilo e como explorá-lo melhor. Me manda uma DM que podemos conversar melhor a respeito: @blogboasdicas.

Gostou dessas dicas? Comenta aqui o seu brechó favorito e qual é a peça que você não quer desapegar jamais!

Jornalista por formação e publicitária por profissão. Gosto de músicas, coisas asiáticas, gastronomia, beleza e comportamento. Passo as horas de folga atualizando as inscrições do youtube ou cozinhando guloseimas.
Post criado 305

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo