Tendências do carnaval 2023 e como customizar abadás sem perder a elegância e o luxo

Estilista e sócio da Victoria Alta Costura, Charles Hermman, conta o que não pode faltar nos looks carnavalescos e como torná-los elegantes sem perder a cor e o brilho.

Tirem as fantasias do armário que o carnaval 2023 está chegando. A festa brasileira mais famosa do mundo promete ser ainda maior este ano, e as tendências de moda, assim como o comportamento dos foliões, seguem a retomada da vida social com muito brilho, plumas, paetês, cristais e cor, itens que combinam perfeitamente com a alegria contagiante da data.

Apesar de poucos saberem, a ligação da moda com o carnaval vem desde o início da origem greco-romana, em que festas carnavalescas aconteciam em clubes sofisticados com elencos que desfilavam com vestidos e batas glamourosas e com muito bordado. O carnaval dos dias atuais não deixa a desejar, já que o Brasil apresenta a maior folia do mundo, com muito glamour, em que a moda aparece em figurinos luxuosos e exuberantes. Mas, como não pesar na mão e fazer a escolha certa para manter a elegância e não pecar no over?

Imagem: Divulgação

“Aposte no equilíbrio e nos itens que nunca saem de moda no carnaval: como fantasias alegres e materiais como tules, miçangas, paetês, cristais em bordados estilizados e plumas que trazem a dose certa de glamour. Tudo com a dose certa de exagero e em design sofisticados como nos tempos antigos”, explica Charles Hermann, estilista consagrado e um dos nomes à frente da Victoria Alta Costura, ateliê referência em luxo, trajes clássicos e atendimento personalizado, ao criar alfaiataria masculina, vestidos de noivas, debutantes e festas.

Imagens: Pinterest

Para os acessórios que não podem faltar nas produções, Charles recomenda tiaras, colares havaianos, purpurina na pele e a mistura de cores que se complementam, como rosa e verde, por exemplo. Já em relação a customização de abadás, o especialista dá a dica certeira: “Use o que tem em casa, como fitas, franjas, miçangas, cristais, plumas, recortes de tecido e glitter, claro. O principal é abusar da criatividade para sair do óbvio. Vale também transformar o abadá em novas peças de roupas como saias, tops, vestidos e até calças”, finaliza Hermann que indica a procura de um especialista ou amigo para ajuda nas criações, caso haja insegurança.

Imagens: Pinterest

Durante o carnaval a Victoria Alta Costura realiza cerca de 20 vestidos sob medida anualmente que desfilam por camarotes, festas e sambódromos de São Paulo e de todo o país. Localizada em um dos bairros mais nobres de São Paulo, a Victoria Alta Costura é um ateliê referência em luxo, trajes clássicos e atendimento personalizado. O ateliê virou referência no mercado de noivas do Brasil e de alguns países do exterior, confeccionando cerca de 22 vestidos sob medida por mês. Deborah Secco, Juliana Paes e Gaby Amarantos são algumas das celebridades vestidas pela Victoria Alta Costura.

Jornalista por formação e publicitária por profissão. Gosto de músicas, coisas asiáticas, gastronomia, beleza e comportamento. Passo as horas de folga atualizando as inscrições do youtube ou cozinhando guloseimas.
Post criado 378

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo